#13 Você tem invejinha dos vídeos do Youtube?


É impressão nossa ou os vídeos do youtube são muito mais interessantes que os de treinamento?

Em muitos casos achamos que sim, afinal de contas, há 20 anos estamos nesse mercado de educação corporativa e podemos admitir que também já produzimos, em vários momentos, vídeos “chatos” para capacitar as pessoas.

O que queremos dizer com “chato”?

Muita fala, muito verbo e pouca ação, ou seja, pouca aplicação. Não foi uma, nem 2 vezes que ouvimos dedo-duros contando lá na área de RH: “olha, como o prazo final para conclusão dos cursos está chegando, a galera está ligando o vídeo, deixando em 2º plano e tocando a vida”.

E para conteúdos em flash, a notícia era: “o pessoal abre o curso, vai clicando nos itens e passando para o próximo". Eis que, de próximo em próximo, o treinamento era finalizado. Meta cumprida!

Palmas! Mas palmas pra quem mesmo?

Para o RH? Para o participante? Para a área de treinamento e desenvolvimento? Pensamos que não! O que foi retido daquele conhecimento? Quais conteúdos transformaram-se em aprendizado, ou seja, foram absorvidos e aplicados na prática? E o custo? Quanto foi investido para produzir o módulo? Quanto de investimento na plataforma? Na comunicação, se é que ela aconteceu...

Parece que a gente finge que está promovendo educação corporativa. Será que estamos? Será que os resultados dos nossos EAD estão sendo efetivos? Será que estamos de fato engajando os colaboradores ou obrigando-os a cumprir uma grade de cursos sem entenderem o sentido? Ou sem conseguirem conectar conteúdo e aplicação?

Inveja temos é dos vídeos do Youtube. Segundo o site do Instituto Superior Técnico*, diariamente são vistos 4.950.000.000 vídeos. Alguém pediu para os usuários assistirem? Eles foram obrigados? Tinham metas de cursos a cumprir? Nada disso! Engajamento por puro interesse. Liberdade total!

Sempre nos arrepiamos quando ouvimos a galera do RH dizendo: “vamos tirar o relatório do EAD e quem não tiver cumprido a trilha, será punido!” Dá até medo! Será que pararam pra pensar: o curso estava interessante? O conteúdo era aplicável? Os módulos tinham duração adequada? A comunicação da trilha foi feita de uma maneira atrativa?

Faça o teste. Se para todos os itens a resposta for NÃO, a situação está muito crítica e é sinal de que está na hora de repensar o modelo de EAD adotado. E aproveitar alguns aspectos do modelo Youtube para trazer para a área de educação corporativa. Por que não?

Por que não vídeos leves e com bom humor? Por que não vídeos terem duração de até 5 minutos? Por que não descobrir e promover youtubers internos (especialistas dentro da empresa que geram conteúdos pra compartilhar com os demais)? Por que não produzir vídeos mais simples do ponto de vista técnico e mais recheados de conteúdo relevante?

Fica a reflexão!

Se nós temos as respostas? Hum, talvez algumas tenhamos descoberto ao longo dessa trajetória em educação corporativa, com nossos acertos e, provavelmente, muito mais com nossos erros. E é o que vamos mostrar em nosso CANVAS 10EDUC .

Baixe nosso modelo aqui mesmo no site, seção SOLUÇÕES, depois CANVAS 10EDUC.

O desenho tá fofo!

Qualquer dúvida é só chamar.

CANVAS 10EDUC: LUZ, C MERA, AÇÃO e GESTÃO!

crie treinamentos online top of mind

Obs.: Divirta-se com a lista de título criadas para este post na ferramenta https://coschedule.com/headline-analyzer e avalie se a comunicação dos seus treinamentos podem ter um alcance maior.

(57 pontos) Por que as pessoas querem aprender no Youtube?

(53 pontos) Vídeos de Treinamento ou do Youtube?

(47 pontos) T&D e a invejinha dos vídeos do Youtube

(46 pontos) Amamos do Youtube e Odiamos os de Treinamento

(41 pontos) Vídeos do Youtube: que dó, não fui eu quem fiz!

(33 pontos) Por que o Youtube é o queridinho dos vídeos?

E o último colocado com louvor e distinção...

(15 pontos) Youtube: ô lá em casa?

* REFERÊNCIA:

ESTATÍSTICAS. Técnico Lisboa. Disponível em: http://web.tecnico.ulisboa.pt/~ist178552/wordpress/estatisticas/. Acesso em: 28 de novembro de 2019.




2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© Todos os Direitos Reservados| Política de Privacidade | Termos e Condições